SNPL EXIGE QUE SEJAM REPARADAS INJUSTIÇAS PRATICADAS CONTRA PROFESSORES

O Sindicato Nacional dos Professores Licenciados (SNPL) denuncia que milhares de professores estão a ser vítimas de injustiça nas suas colocações, sobretudo aqueles que pertencem a Quadros de Agrupamento ou a Quadros de Escola (QA/QE).

De facto, o Ministério da Educação e Ciência, tem promovido as colocações de uma forma que lesa muitos daqueles docentes. Estamos a falar de uma situação, que consideramos profundamente injusta e que diz respeito à questão da prioridade dos candidatos a concurso, no âmbito da mobilidade interna anual.

O SNPL considera que, numa fase do concurso, docentes de QE/QA e docentes de QZP devem ser priorizados de forma diferente, para efeitos de colocação nos agrupamentos de escolas/escolas não agrupadas, com claro benefício, até agora, dos segundos, que ficam, por norma, colocados em escolas próximas da sua residência, enquanto os professores dos QE/QA podem ser colocados em escolas a dezenas de quilómetros das áreas onde residem.  

No entender do SNPL, é mais justo que, em primeiro lugar, devem ser priorizados os docentes de QE/QA, depois os candidatos a Destacamento por Aproximação à Residência (DAR), seguindo-se então os docentes QZP e, por fim, os professores de concurso extraordinário, sendo todos ordenados de acordo com a sua graduação profissional e colocados nos mesmos termos.

Recorde-se que se trata de uma situação que se arrasta há vários anos e que tem sido sucessivamente denunciada pelo SNPL. O Sindicato vai fazer uma exposição sobre este grave problema junto das várias instâncias responsáveis nesta área, para que esta situação injusta seja corrigida urgentemente. 

30 de Outubro de 2014

A Direção Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.